Blog

O kit essencial para a Fotografia em Medicina Dentária

Kit Fotografia Medicina Dentária

A fotografia pode ser definida como a arte de obter uma imagem pela captação da luz, através de uma câmara.

Um gesto realizado em segundos que nos devolve imediatamente uma realidade congelada no tempo que nem sempre os nossos próprios olhos conseguem absorver na realidade.

Na Medicina Dentária, a fotografia é também mais do que um puro registo clínico. É uma fonte de informações que o nosso cérebro tem a capacidade de processar de forma bem mais rápida do que qualquer nota escrita. A fotografia é uma forma de avaliação, um meio de diagnóstico, um método de controlo. Permite-nos observar cores, formas, texturas. Permite-nos comunicar com pacientes, colegas, laboratórios, público. E é uma linguagem universal, percetível em qualquer canto do mundo.

A posse de um equipamento que nos permita esta captação de imagens na nossa prática clínica deixou de ser algo opcional e reservado apenas para os especialistas ou aficionados de fotografia. Esta é, nos dias de hoje, uma ferramenta fundamental e imprescindível na nossa prática clínica.

Qual é o kit essencial para a fotografia na Medicina Dentária?

Câmaras:

Para o propósito do registo clínico intra e extra-oral não existem dúvidas de que a opção de escolha para a câmara a ter é do tipo DSLR (Digital Single Lens Reflex). Apenas estas cumprem os requisitos essenciais para fotografia dentária, em que queremos imagens, capturadas em modo manual, ricas em detalhes, variação de cores, texturas, formas e de grande qualidade. Além disso, a câmara DSLR permite o acoplamento de diferentes objetivas e acessórios.

Lentes/Objetivas:

A lente é o fator chave na qualidade da imagem produzida e fotografar em medicina dentária significa realizar macrofotografia, isto é captar pequenos pormenores a uma curta distância e em escala natural. Para isto e, de forma a fazê-lo de forma confortável tanto para o médico como para o paciente e sem distorções, a escolha em termos de objetiva tem que recair numa lente macro.

Flashes:

A boa iluminação é fundamental em qualquer fotografia e nesse sentido é importante mencionar os três tipos de flash a ter no consultório: o circular ou anelar, que vai iluminar uniformemente a zona alvo, sem o aparecimento de sombras indesejáveis; o “twin”, que possui os pontos de luz situados lateralmente cujas direções e ângulos podem ser ajustados; e os flashes de estúdio que vão aprimorar a fotografia extra-oral ou de sorriso.

Acessórios

Importa lembrar que, para além dos equipamentos para a fotografia em Medicina Dentária, é fundamental a utilização de acessórios, como retratores, contrastes e espelhos para ajudar a capturar com mais detalhe e qualidade todos os pormenores intra-orais.

Para ajudar os jovens médicos dentistas a criar o seu próprio kit de fotografia, a equipa da Clínica Mint preparou o Kit Básico: Fotografia em Medicina Dentária, um e-book com as indicações de marcas e modelos de equipamento fotográfico e dicas práticas para começar a realizar os seus registos com a qualidade que necessita. Faça o download!

Share!

Fotografia em Medicina Dentária

Fique a par do kit básico para tirar fotos clínicas com melhor qualidade.

Previous Post
Digital Smile Design: a filosofia revolucionária da medicina dentária estética
Next Post
9 princípios para uma medicina dentária atual
Menu